Como responder ao revisor

A situação é a seguinte: depois de realizar a pesquisa, escrever o manuscrito e submetê-lo para publicação, você agora recebeu os comentários do revisor. Se o seu trabalho caiu nas mãos de um revisor competente (ou, para alguns, “chato”), há inúmeros comentários para responder. O que fazer?

Mantenha a calma

Isso é o mais importante. Às vezes o revisor não é profissional nos comentários, o que pode causar enfurecimento. Se os comentários me afetam, eu os leio uma vez e os deixo de lado por alguns dias (ou até semanas).

Passado esse tempo, leio os comentários com calma novamente e tento identificar como responder a cada um deles.

Os comentários são em geral das seguintes naturezas:

  • Críticas à parte científica. Na maior parte das vezes é necessário tomar novos dados ou refazer análises e, nesse caso, a solução é gastar o tempo necessário para fazer o trabalho direito. No entanto, às vezes a crítica decorre de uma falta de entendimento do escopo do trabalho por parte do revisor. Nesse caso, às vezes é possível argumentar com o revisor e revisar a linguagem do manuscrito para tornar o escopo mais claro. Esse último caminho, no entanto, não deve ser tomado apenas para evitar o trabalho de refazer medidas ou análises, sob o risco de rejeição do manuscrito!
  • Dúvidas. Não basta simplesmente responder ao revisor. Se algum ponto não está claro para o revisor, o leitor provavelmente também ficará confuso. É preciso re-escrever o artigo para esclarecer os pontos levantados.
  • Sugestões de melhoria. Mesmo que você não concorde com o revisor, considere o ponto de vista dele e faça o que é necessário para melhorar o manuscrito. Na maior parte das vezes as sugestões são boas. Em alguns raros casos, a sugestão não melhora o manuscrito: nesse caso eu argumento com o revisor o motivo pelo qual eu acho que a sugestão não é válida. (Nesse caso, é melhor considerar bem se você tem mesmo razão ou não.)

Revise o manuscrito cuidadosamente

  • Ao revisar o manuscrito,  não apenas tento corrigir as deficiências apontadas pelo revisor;  uso a oportunidade para identificar qualquer possibilidade de melhoria no manuscrito. Isso às vezes significa, por exemplo, cortar ou modificar gráficos e tabelas, alterar explicações e trabalhar a linguagem.
  • Tento sempre dar o manuscrito para alguém ler, de preferência alguém que não esteve envolvido na redação e com fluência em inglês (nativo, de preferência).

Prepare a resposta

Após revisar o manuscrito, faço a redação da carta respondendo ao revisor ponto a ponto. Algumas sugestões:

  • Seja cortês. Comece a carta com um agradecimento pelos comentários e pelo tempo dedicado pelo revisor. Os revisores dedicam um tempo precioso das suas carreiras prestando esse serviço não remunerado.
  • Copie os comentários do revisor e insira suas respostas depois de cada comentário. Diferencie os comentários originais das suas respostas de alguma forma (por exemplo, colocando os comentários em itálico ou a sua resposta em bold).
  • Nas respostas, indique como o manuscrito foi alterado por sugestão do revisor. Insira o novo texto entre aspas, se necessário.
  • Indique modificações adicionais feitas no manuscrito.

Fazer o mínimo para responder os comentários do revisor é problemático. Uma revisão mal feita pode resultar em rejeição, principalmente se o revisor sentir que está desperdiçando tempo com os autores.

O importante é deixar transparente que você fez o máximo e dedicou o tempo necessário para melhorar o manuscrito. Para mim esse processo demora alguns meses, exceto nos casos em que há poucos comentários. (Preste atenção, pois algumas revistas dão um prazo para a revisão.)

Devo mencionar também que podem existir diferenças grandes na qualidade dos revisores entre uma revista e outra. Na minha área existe uma revista na qual os revisores tendem a ser pouco profissionais nos comentários; sei disso não apenas por experiência própria, mas por outros colegas que submetem manuscritos para a mesma revista. Uma outra revista equivalente, por outro lado, tem revisores muito profissionais e competentes.

A falta de profissionalismo dos revisores é um fator importante na escolha da revista para submeter os artigos. A crítica do revisor pode ser dura, mas deve ser objetiva e profissional.

Contribuiu para este artigo: Emico Okuno

Sobre Eduardo Yukihara

Pesquisador | Professor | Autor
Galeria | Esse post foi publicado em Informativo e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Como responder ao revisor

  1. Parabéns Eduardo e Emico pelo Blog. São dicas excelentes aos autores!! Abraço

    Curtir

  2. Simone Camargo Umbria disse:

    Ótimas sugestões. Parabéns pelo Blog!!!!!

    Curtir

Dê também a sua contribuição ou sugestão.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s