Expressão numérica das grandezas e incertezas

Além de explicar cuidadosamente como os resultados foram obtidos e como as incertezas foram estimadas, usando os termos apropriados, é necessário apresentar os resultados de forma apropriada. Instruções específicas são dadas pelo ISO/IEC Guide 98-3 para vários casos. Vamos usar como exemplo o caso de uma medição de uma grandeza ms com valor nominal de100 g com sua incerteza padrão combinada. A sugestão do ISO/IEC Guide 98-3 é que o resultado seja apresentado de uma das quatro maneiras abaixo:

  1. ms = 100.021 47 g with (a combined standard uncertainty) uc = 0.35 mg.”
  2. ms = 100.021 47 (35) g, where the number in parentheses is the numerical value of (the combined standard uncertainty) uc referred to the corresponding last digits of the quoted result”.
  3. ms = 100.021 47 (0.000 35) g, where the number in parentheses is the numerical value of (the combined standard uncertainty) uc expressed in the unit of the quoted result.”
  4. ms = (100.021 47 ± 0.000 35) g where the number following the ± is the numerical value of (the combined standard uncertainty) uc and not a confidence interval.”

Alguns dos termos usados em parênteses (e.g. “a combined standard uncertainty) podem ser omitidos se a incerteza padrão combinada uc tiver sido definida anteriormente. Também usamos o ponto para indicar as casas decimais, ao invés da vírgula no original, se o artigo for em inglês; em Português o padrão seria vírgula.

Fica evidente da leitura de qualquer artigo científico que essas regras não são estritamente seguidas. No entanto, vale a pena conhecê-las e segui-las na medida do possível. Em especial, note os seguintes pontos:

  • O exemplo (1) permite que o resultado e a incerteza sejam expressos em múltiplos diferentes da mesma grandeza.
  • O exemplo (2) é particularmente útil para tabelas contendo um número grande de valores, pois a incerteza pode ser apresentada de forma concisa.
  • No exemplo (4), o número e a incerteza estão em parênteses, indicando que a unidade se aplica a ambos os valores numéricos.
  • É importante notar que o número de algarismos significativos do resultado é consistente com a incerteza.

Um bom artigo sobre algarismos significativos, que é material complementar do livro “Física do Futebol”, estará disponível em breve no site da editora.

Leia também:

Contribuiu para este artigo: Emico Okuno.

Anúncios

Sobre Eduardo Yukihara

Pesquisador | Professor | Autor
Galeria | Esse post foi publicado em Redação científica e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Expressão numérica das grandezas e incertezas

  1. Esse tema de reportar valores experimentais e as correspondentes incertezas é mesmo muito importante e há demanda por artigos e livros. Parabéns pelo Blog muito bem elaborado.

    Curtir

Dê também a sua contribuição ou sugestão.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s