O inglês no processo de seleção de uma faculdade nos EUA

Nesse artigo eu gostaria de compartilhar a experiência de selecionar candidatos aos programas de pós-graduação em Física na Oklahoma State University com enfâse no papel do inglês no processo de seleção. Não posso falar com propriedade sobre outras universidades, mas a minha impressão é de que as observações abaixo se aplicam de forma similar a universidades do mesmo porte.

O Departamento de Física da Oklahoma State University tem em torno de 25 professores e 50 estudantes de pós-graduação. O número de novos estudantes aceitos no programa a cada ano é em torno de 10-15.

Apesar do processo de seleção ter maior ênfase no desempenho acadêmico, avaliado através do histórico escolar e das cartas de recomendação, o inglês tem um papel de importância crescente. Isso se deve ao fato do departamento oferecer suporte financeiro através de Teaching Assistantships (veja o artigo “O que é Assistantship?“) para todos os estudantes, o que demanda dos estudantes um nível de inglês não apenas suficiente para assistir às aulas e realizar pesquisa, mas também para interagir com estudantes dos cursos introdutórios de Física, a maioria americanos.

O TOEFL iBT (internet based test) é de longe o teste mais frequentemente apresentado pelos aplicantes. Dentre 110 candidatos de outros países aplicando para os programas de mestrado ou doutorado, apenas 5 apresentaram o TOEFL paper based test e 5 o IELTS. As notas mínimas exigidas pelo “Graduate College” são 79 no TOEFL iBT, 550 no TOEFL paper based test e 6.5 no IELTS.

No entanto, como os estudantes precisam passar por testes adicionais de inglês para receber Teaching Assistantships, o departamento tende a selecionar estudantes com notas acima desse mínimo. A média do TOEFL iBT dos candidatos aceitos pelo departamento é 94 com um desvio padrão 10, a nota mínima sendo 80 e a máxima 116. Essa média é aproximadamente equivalente a um TOEFL paper based test acima de 580 e um IELTS acima de 7.0. No caso do TOEFL iBT, especial atenção tem sido dada à nota do speaking, também por causa do Teaching Assistanship. As notas mínimas no speaking dos estudantes aceitos pelo departamento são ao redor de 18-19, mas as chances de sucesso crescem significativamente para notas acima de 20.

Na minha experiência, o inglês tem sido o maior obstáculo para os estudantes do Brasil e America Latina em geral. Vencer esse obstáculo pode abrir boas oportunidades de bolsas para fazer o mestrado ou doutorado nos EUA. O inglês não precisa ser avançado, mas é preciso treinar para testes como o TOEFL iBT. Felizmente, hoje existe uma grande quantidade de materiais e cursos preparatórios disponível.

Se a sua experiência em outra universidade é diferente, comente abaixo.

Contribuiu para este artigo: Stefanie Menusso.

Anúncios

Sobre Eduardo Yukihara

Pesquisador | Professor | Autor
Galeria | Esse post foi publicado em Carreira profissional e marcado , , , . Guardar link permanente.

Dê também a sua contribuição ou sugestão.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s