Como melhorar a introdução do artigo: um exemplo

Nesse artigo ilustraremos como melhorar a introdução de um artigo científico (veja também o artigo “Preparando o manuscrito para uma revista: a introdução”). Usaremos como exemplo a introdução de um artigo que escrevemos para uma conferência [1], mas o procedimento se aplica à introdução de um manuscrito qualquer. A introdução é a seguinte:

Exemplo de uma introdução.

O trecho acima é confuso, contendo muitas idéias diferentes em um único parágrafo.

Para melhorar essa introdução, o primeiro passo é identificar os pontos principais. Use uma caneta “marca-texto” e destaque os pontos importantes como no exemplo acima. Uma vez identificados, ordene os pontos principais em uma sequência lógica e identifique falhas na linha de raciocínio, i.e., pontos faltando ou que não estão bem colocados.

Baseado nos trechos marcados no texto original, os pontos principais para essa introdução podem ser os seguintes:

  1. High dose gamma ray irradiation combined with heat treatment has been commercially employed to obtain blue gemstones from natural colourless topaz, but the underlying physical mechanism is not known.
  2. Thermoluminescence can provide additional information to elucidate the mechanism of color change.
  3. However, only a few investigations of the thermoluminescence of topaz have been performed.
  4. Because the thermoluminescence curves have complex structure and behaviour, it is essential to have more detailed information about the emission spectrum.
  5. Nevertheless, only one emission spectrum was found in the literature.
  6. Therefore, in this work a study of the thermoluminescence of topaz under different conditions was carried out to obtain a more detailed picture of the emission spectrum.

Note o seguinte:

  • Os pontos foram simplificados a propósito deste exemplo e clarificados quando necessário.
  • O primeiro ponto define o problema em questão.
  • O último ponto define o objetivo do estudo.
  • Existe uma sequência lógica dos pontos principais que segue uma linha de raciocínio justificando a relevância e necessidade do estudo.

Usando os pontos principais, a introdução poderia ser re-estruturada em seis parágrafos, cada parágrafo tendo um ponto principal na primeira frase. Explicações mais detalhadas de cada ponto podem ser colocadas no mesmo parágrafo do ponto relevante.

Como exemplo, o primeiro parágrafo poderia ser o seguinte:

“High dose gamma ray irradiation combined with heat treatment has been commercially employed to obtain blue gemstones from natural colourless topaz, but the underlying physical mechanism is not known. The color change is probably related to the creation of radiation-induced defects in the crystal, which introduce new absorption bands and change the coloration of the crystal. Identifying these defects may help improve the efficacy of the treatments.

A primeira frase de cada parágrafo é a mais importante e deve, em geral, conter o ponto principal [2]. Identificar e organizar esses pontos principais não apenas contribui para a comunicação efetiva, como também ajuda a melhorar e identificar falhas na lógica do argumento.

Referências:

1. E. G. Yukihara, T. M. Piters, E. Okuno, R. Melendrez, E. M. Yoshimura and R. Pérez-Salas, “Thermoluminescence emission spectra of gamma irradiated topaz [Al2SiO4(F,OH)2],” Radiat. Prot. Dosim. 84, 265-268 (1999).

2. D. O. Graham and J. H. Graham, The writing system. (Preview Press, 2002).

Contribuiu para este artigo: Stefanie Menusso.

About these ads

Sobre Eduardo Yukihara

Eduardo G. Yukihara é Professor Associado na Oklahoma State University. É bacharel (1995) e doutor em Física pela Universidade de São Paulo (2001), tendo sido orientado pela Profa. Dra. Emico Okuno. Sua produção científica inclui mais de 50 artigos publicados em revistas científicas internacionais e co-autoria do livro “Optically Stimulated Luminescence: Fundamentals and Applications”. É membro do conselho editorial da revista Radiation Measurements e faz revisão de manuscritos regularmente para mais de 15 revistas científicas, incluindo Medical Physics, Radiation Measurements, Nuclear Instruments and Methods in Physics Research, Journal of Luminescence, Physics in Medicine and Biology e Physical Review B.
Galeria | Esse post foi publicado em Publicando. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Como melhorar a introdução do artigo: um exemplo

  1. Pingback: Principais erros a evitar ao preparar um manuscrito | Ciência Prática

  2. Pingback: Preparando o manuscrito para uma revista: a introdução | Ciência Prática

Contribua para a discussão com seus comentários ou sugestões (por favor, identifique a sua área de atuação). Evite perguntas específicas que podem ser melhor respondidas por um(a) orientador(a) ou colegas da área.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s